Projeto Escola: Drogas em Debate

Projeto educativo : “Drogas em debate”

A maioria das pessoas começa a usar drogas na adolescência, muitas vezes com os amigos da escola. Usar droga, nesse contexto, é encarado por muitos jovens como uma espécie de ritual de passagem obrigatório, que geralmente não sabem que esta é a fase mais vulnerável de sua vida aos riscos trazidos pelo uso.

Infelizmente, a educação sobre drogas não faz parte do currículo escolar brasileiro, e poucas escolas dedicam-se ao tema com a importância que ele tem na vida dos estudantes. O pouco conhecimento que eles adquirem sobre drogas vêm da experiência de uso ou da internet –fontes incompletas, pouco confiáveis e descontextualizadas.

Sem saber direito o que elas são e ter a medida certa dos riscos, é muito maior a probabilidade de o adolescente usar drogas e, pior, de ter uma experiência problemática com elas – usando na hora errada, exagerando na dose e na frequência.

O Ateliê Clínico Educativo Crianceria – que atende crianças, adolescentes, pais e escolas com coordenação da psicóloga Beatriz Corrêa de Mattos –, em parceria com Tarso Araujo, autor do Almanaque das Drogas, organiza palestras, debates e dinâmicas sobre informação de drogas e redução de danos, para incentivar a reflexão sobre o tema.

O objetivo é favorecer a prevenção do uso de drogas dentro e fora da escola, e no caso de isso acontecer, estimular uma atitude consciente e responsável em relação a essas substâncias, sejam elas lícitas ou proibidas por lei.

O formato e o foco da atividade sãodefinidos de acordo com a demanda de cada escola, e articulados com seu projeto pedagógico. Ela podem ser preparadas para atender especificamente alunos, pais ou o corpo docente – ou combinações desses grupos.

Se você é aluno, pai ou profissional de educação e tem interesse em levar o “Drogas em Debate” para sua escola, ou se quiser saber mais sobre o projeto, fale com a gente no e-mail almanaquedasdrogas@gmail.com.

18 respostas para Projeto Escola: Drogas em Debate

  1. dieferson disse:

    como faço pra vocês irem ate a minha escola ?

  2. dieferson disse:

    em brasilia

  3. Guilherme disse:

    Aqui em Santa Catarina, na rede estadual de ensino, há o Proerd (Programa de Erradicação as Drogas e Violência), que é ministrado as 4as séries do ensino fundamental há pelo menos 12 anos. É válido, visto que conscientiza desde cedo, mas acho que deveria ter um maior esclarecimento sobre os tipos de drogas lá pelo 6o ano do ensino fundamental.

  4. Victor disse:

    Olá, tudo bem? estou assistindo ao Programa do Jô, e me interessei muito em estudar as possibilidades do uso do programa em comunidades visitadas por Docentes e Alunos da Faculdade de Arquitetura da USP, Cidade Universitária do Bairro do Butantã. Lá temos alunos participantes de ONGs a exemplo a “Um Teto Para Meu País”, de origem estrangeira e Latino-Americana, enfim, são pontos de contato entre estudantes e comunidades faveladas. Agradeço a atenção a esta mensagem e ao programa, pelo esforço abordagem dos fatos.

  5. Liliane disse:

    Vejo que tudo o que passei está estacionado, 46 anos tentando, descobrir qual força que me prende ao vício. Agradeço, hoje isso não doeu, preciso da sua ajuda

  6. Vida. F. disse:

    O Pessoal de Narcóticos Anônimos, pelo que eu saiba é o único que realiza algo parecido, eles levam Informação ao publico (IP), principalmente em escolas, são os próprios membros que são treinados e contam suas histórias, a eficácia não sei dizer, mas os relatos verdadeiros, servem como orientação aos jovens, a mídia não ter conhecimento, porque o interesse de NA é continuar anônimo, mas fazem sim esse trabalho.
    O assunto muito me interessa, sendo eu uma ex dependente química, como podem ver em meu blog, caso interessem… http://vidadeumaexd.blogspot.com.br/
    Gostei, Tarso, toda ajuda e sempre bem vinda. Para desmistificar a assunto, esclarecer e ajudar, para que outros não passem o que eu passei.

    Ah!.. vou comprar o livro!

    Abraço, boa sorte

    Vida F. (O pseudônimo e para me preservar, mas a história e mais que verdadeira)

  7. alexsander caldas gonçalves disse:

    Assisti sua entrevista no Jo, achei interessante e instrutiva.
    Moro na periferia e tefnho quatro filhos (12,9,6 e 1 ano) e converso abertamente sobre drogas com eles desde q eram pequenos,pois e melhor q aprendam comigo do q com certas companhias na rua,enfim agora tenho um material a mais pra orienta-los
    Parabens por seu trabalho!!!
    E desde ja obrigado por sua atençao.

    • tarsoaraujo disse:

      Alexsander, grande iniciativa: quanto mais abertamente você falar com eles, e quanto melhor eles estiverem informados sobre as drogas, mais protegidos eles vão estar de problemas no futuro. Espero que o livro contribua com essa sua missão.

  8. Bruno de Campos Marcondes disse:

    daora po se viessses aki pra minha escola seria mto legal é bom q os adolescentes saibam mais sobre Drogas estudo no 2° na escola E.E.PROF°Maria Ester das Neves Dutra Damasio em caraguatatuba – sp ! seria bom !
    muito daora sua entrevista no jô soares
    xau !

  9. leticia disse:

    tem qe pagar alguma taxa para voce ir ate a minha escola e voce tem televone. eu vi a sua intrevista com o jo e pensei que era legal chamar voce ate a minha escola ja que estamos fazendo trabalhos sobre as droras com o prof Lacerda

  10. Leonora Maria Antunes Comegno( tia da Gersi) disse:

    Tarso, muito importante esse trabalho. Esclarecer é o melhor caminho. Parabéns.! Vou indicar na escola: o livro e a discussão orientada por você. Escrevo de Curitiba. Como sugestão de leitura , pensando numa contribuição para sua pesquisa : os alucinógenos e seu mundo simbólico – mostra a vivência dos índios brasileiros com as plantas e seus rituais durante o consumo.

  11. CELIO GENTILINI GONÇALVES disse:

    CARO AMIGO TARSO ARAUJO, SOU GRATO A DEUS PELA SUA VIDA E DOM NESTA AREA DE PESQUISA TAO IMPORTANTE!!!…. SEI SEM DUVIDA QUE QUANTO MAIS SE CONHECEM OS EFEITOS E DANOS EM DECORRENCIA DO USO DE QUALQUER DROGA SO PODE LIBERTAR PESSOAS!!!!…{CREIO QUE A DIFERNÇA ENTRE VENENO E CURA ESTA SOMENTE NA DOZE, POIS EM SI PROPRIO NADA E RUIM}{USOS E DOZES INADEQUADAS MORTE E O CONTRAREO E VERDADEIRO} OBS: VOU TOMAR A LIBERDADE DE CONTACTAR ESCOLAS DE MEUS FILHOS PARA UMA VIZITA DE VOCES COM O PROJETO MARAVILHO DE VOCES!!!…. UM ABRAÇO DE TAMANDUA FRATERNO!!!…TAMANDUA QUANDO ABRAÇA NAO LARGA MAIS!!!….rsrsrs!!!! GRATO FILHO!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s