Reprimir (a informação também) mata mais do que usar.

ReprimirMataMais

Semana passada começou a circular na traseira de ônibus intermunicipais de São Paulo a campanha “Da Proibição Nasce o Tráfico”. Depois de circular por um mês sem problemas em busões do Rio de Janeiro, o Estado paulista censurou a campanha em 48 horas. Isso mesmo: censurou!

O argumento de que a campanha faz apologia ao uso de drogas é absurdo. Primeiro porque a campanha, de modo algum, diz algo a favor do uso. Apenas lembra que a proibição do comércio de drogas ilícitas mata mais do que usá-las.

Depois porque, mesmo que fosse um caso de apologia, a censura é absurda. Porque a liberdade de expressão é um direito constitucional e logo deveria estar acima desse embuste jurídico que é a acusação de apologia ao crime.

A interdição do assunto serve apenas para calar o debate sobre esse tema, tão necessário para um país que se vê às voltas com a corrupção epidêmica e a violência banalizada, que toda semana mata inocentes com balas perdidas. Como diz a própria campanha: quem ganha com isso? Eu posso dizer que não sou eu, nem é você, cidadão comuns que somos.

Mas, infelizmente, em tempos de bancadas evangélica e da bala e de manifestações pró-ditadura, prevalece aqui e ali – e muito fortemente em São Paulo – o espírito que a Folha descreveu bem em dois parágrafos do seu editorial de hoje.

“No tema das drogas, assim como em muitos outros, prevalece uma atitude cada vez mais estridente, voltada a sufocar qualquer opinião que se afaste da ortodoxia religiosa, da estreiteza conservadora e da ignorância repressiva.

Pretende-se impor sobre a vida pessoal, sobre os costumes e sobre a própria segurança pública a lei do preconceito, do medo e do tabu.”

A melhor resposta à censura é o barulho. Então, sugiro, solicito e recomendo: vamos compartilhar ao máximo os links e posts dessa campanha.

Se não é nos ônibus que as pessoas vão ver os cartuns provocantes de Angeli, Laerte e André Dahmer, que seja em todos os outros lugares desse Estado controlado por gente tão pobre de espírito e senso de cidadania.

Página oficial da campanha Da Proibição Nasce o Tráfico, com todos os cartuns.

Link da página da campanha Da Proibição Nasce o Tráfico no Facebook. Siga esse bonde!

Quemganha

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s