Unifesp cria o Maconhabras, grupo de estudos sobre a maconha

A Universidade Federal de São Paulo criou um grupo de estudo multidisciplinar para analisar e discutir novidades sobre a maconha, liderado pelo pesquisador Elisaldo Carlini, pioneiro em pesquisas sobre Cannabis sativa no Brasil.

O grupo vai publicar regulamente boletins. O de estreia traz textos sobre os riscos da droga para a função pulmonar, sobre a regulamentação do comércio no Uruguai e sobre a história do proibicionismo na medicina.

O comunicado sobre o lançamento do grupo frisa que a escolha do nome Maconhabras não é “um deboche ou ironia às deselegantes atitudes que procuram desmerecer os estudiosos sobre a maconha”.

O termo foi usado pejorativamente pelo psiquiatra Ronaldo Laranjeira, em um artigo de 2010, para dizer que a Secretaria Nacional de Drogas não deveria criar uma agência de pesquisas sobre maconha medicinal.

Faça o download do da primeira edição do Boletim Maconhabras: Maconhabras_Boletim#1_Final.

Leia abaixo a íntegra do comunicado.

CEBRID cria grupo de estudos sobre Cannabis sativa L. (maconha)

O CEBRID tem notado que o número de trabalhos científicos/artigos sobre maconha tem aumentado de maneira acentuada nos últimos tempos. E é sempre a mesma coisa: artigos a favor; artigos contra; não importando o tópico com o qual a planta é encarada. Acima de tudo, percebe-se um viés ideológico que obscurece a realidade sobre a maconha.

Assim, criamos um grupo multidisciplinar formado por pesquisadores do CEBRID e de outras instituições, visando analisar e discutir diferentes aspectos sobre esta temática. Ficou então constituído um grupo de estudos denominado“Maconhabras”.

Este nome veio da lembrança de importantes instituições brasileiras que honram o país, como: Petrobras, Eletrobras, Biobras, Radiobras, entre outras. Não se trata, portanto, de deboche ou ironia às deselegantes atitudes que procuram desmerecer os estudiosos sobre a maconha, em número cada vez maior no Brasil.

Como parte de suas atividades, o grupo publicará boletins sobre diferentes assuntos envolvendo as discussões sobre a maconha, especialmente a respeito de suas propriedades medicinais.

Desfrute da primeira edição do nosso boletim!

Grupo Maconhabras
E. A. Carlini, Lucas Maia, Paulo Mattos, Rafael Zanatto e Renato Filev.

Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

8 respostas para Unifesp cria o Maconhabras, grupo de estudos sobre a maconha

  1. Jader - Educação Física UNIFESP - Baixada Santista disse:

    estarei atento às atualizações do grupo! e parabéns pela iniciativa!!!

  2. Pingback: Maconhabras, por que não? | #Smoke Buddies

  3. Raphael disse:

    Acompanharei de perto os boletins informativos, isso sim é de grande valia para o conhecimento de todos, e não aquela baboseira de rei disso rei daquilo. Obrigado pela iniciativa.

  4. Franklyn Abreu Rodrigues disse:

    Parabéns mesmo pela iniciativa, sou outro que estarei atento as atualizações.

  5. Pingback: Pesquisadores da Unifesp criam grupo de estudos sobre maconha | Catraca Livre

  6. EneilaLira disse:

    Muito boa iniciativa, se encaixa perfeitamente com minha capacitação no SENAD – Formação de concelheiros.

  7. JOCILIO BATISTA RODRIGUES disse:

    Boa iniciativa e também estarei atento as atualizações.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s