Pílulas de drogas – “Consumo de álcool por via anal e vaginal preocupa”

Essa semana foi dramática e triste, pois o Congresso aprovou o projeto de lei 7663/10, que altera nossa Lei de Drogas para pior. Veja mais sobre isso no post abaixo – e acompanhe a polêmica, porque a proposta ainda vai ao Senado e pode mudar.

Enquanto isso, vamos dar uma olhada nos jornais, para ficar pensando melhor. E para sua sexta-feira ficar mais divertida na mesa do bar.

Notícia estranha do dia: “Consumo de álcool por via anal e vaginal preocupa”

Enema Maia, de Escuintla, Guatemala!!!!

A técnica descrita na reportagem é velha: índios aqui da América faziam enemas de tabaco para usar a droga pelo ânus. Como fez esta índia maia representada na escultura pré-histórica à direita, encontrada na Guatemala. Fazendo isso que se chama de enema, a droga chega ao cérebro mais rapidamente e com um “rendimento” maior  — quando se queima, se come ou se bebe uma substância, grande parte da droga é destruída no calor ou no fígado.

Alcohol_Enema_jackass1Mas “beber” vinho usando um tubo inserido no reto, como fez um americano em setembro passado, é dureza – sem duplo sentido. Ele deve ter aprendido com essa cena ao lado, de Jack Ass, em que Steve-O prova do remédio.

“Tampax de vodka” também não pode ser uma boa ideia, né?

Antes que você se anime: o americano do vinho de rabo foi parar no hospital em coma alcoólico. E quando ele chegou ao hospital os médicos acharam que ele havia sido vítima de estupro. Isso é que é efeito colateral. As versões mais lights do enema de álcool causam irritação e diarreias bastante severas.

Alunos denunciam venda de drogas dentro de escolas em Bauru, SP

Dizem que a droga é proibida para diminuir a oferta. Assim protegemos nossas crianças. Só que não.

Após morte de traficante, comércio e escolas fecham no Alemão

“Não é objetivo da UPP acabar com o narcotráfico, e sim afastar a influência dos narcotraficantes sobre as comunidades”, disse José Mariano Beltrame, secretário de segurança Pública do Rio de Janeiro e responsável pelas UPPs. Só que não, 2.

Aumenta número de prisões por tráfico de drogas em Campos, RJ

Olhando assim, parece que a polícia está fazendo um bom trabalho. Só que não, 3. Porque logo você lê que “embora o número de prisões tenha aumentado, a quantidade de drogas apreendidas diminuiu”.  Ou seja, eles estão prendendo como traficantes qualquer um, com qualquer baseado no bolso (usuários?). Serve para mostrar serviço numa matéria com esse título, aumentar o medo na população e fazer ela acreditar que precisa de ainda mais polícia. E os verdadeiros traficantes, quem realmente ganha dinheiro com isso, continua fazendo seu trabalho à vontade.

Filho de Bolsonaro entrega homenagem a policiais que caçaram Matemático

É dessa população com medo que vive gente como o deputado estadual do Rio, Flávio “Filho do Jair” Bolsonaro. Os policiais sobrevoam uma área residencial e metralham tudo lá embaixo. Centenas, milhares de tiros sobre as casas da favela. Por sorte, nenhum inocente foi baleado. O vídeo é divulgado e felizmente a ação é alvo de críticas e investigação. Os policiais envolvidos são suspensos. Aí vem um cara como este e faz uma “moção de aplausos e congratulações” aos autores da lambança, para ganhar o voto de quem acha que “tem mais é que matar esses bandidos mesmo”. Se um inocente morrer ou se matarem o cara errado, que importa?

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s