Ras Geraldinho condenado – a lei é ruim, o judiciário pior. O que você acha?

Geraldinho na Marcha da Maconha, em São Paulo - Crédito: GrowroomOntem saiu a sentença de Ras Geraldinho, que estava sendo acusado de tráfico em Americana, interior de São Paulo. Ontem, o juiz o condenou a 14 anos e 2 meses de prisão, além de confiscar o imóvel em que vivia. Tráfico e formação de quadrilha, com aumento de pena por envolver adolescente com “diminuída capacidade de entendimento”.

Um absurdo completo.

Geraldinho ficou famoso por fundar a Primeira Niubingui Etíope Copta de Sião do Brasil, uma igreja rastafari, religião que pratica o uso ritual da maconha. Era um caso inédito no Brasil de uso religioso da erva, algo previsto e permitido pela lei – o uso ritual da ayauhasca em rituais do Santo Daime, por exemplo, é considerado legítimo. Ele plantava Cannabis no terreno e diversas pessoas apareciam em sua casa para fumar com ele. Para a promotoria, ele não passava de um traficante.

Nossa lei de drogas é ruim, com certeza. Mas nossos juízes são piores ainda, ao interpretá-la sem o menor bom senso.

Suponhamos que Ras Geraldinho realmente não tinha uma igreja. E que sua “religião” fosse apenas uma desculpa para fumar maconha mesmo. Suponhamos que algumas das pessoas que iam a seu “templo” de fato ganhassem alguma “presença” – uma pequana quantidade da maconha que ele plantava no jardim. E suponhamos que algum adolescente usuário de maconha tenha entrado lá para fumar com ele.

Neste caso, quando se leva a lei ao pé da letra, ele estava traficando, porque lá diz que plantar droga proscrita sem autorização é tráfico. E formava quadrilha porque, em vez de fumar sozinho, reunia outras pessoas em torno da sua religião.

Agora, que sentido faz condenar uma pessoa a 14 anos em regime fechado uma pessoa que não cometeu nenhum tipo de crime violento? Que sentido faz chamar de quadrilha uma pessoa que, fora reunir amigos para fumar maconha, não tinha nenhum outro tipo de associação criminosa?

Não foi comprovada, nem levantada qualquer suspeita, nenhuma relação de Geraldinho com organizações criminosas de fato, com nenhuma facção ou coisa do tipo. É claro: Geraldinho plantava, justamente para não sustentar o tráfico.

Geraldinho era réu primário e não tinha armas. Na lei, isso é justificativa para reduzir a pena de um condenado por tráfico. Essa parte da lei o juiz preferiu não levar ao pé da letra.

E lá vamos nós pagar 14 de anos de cadeia para um cidadão pacato que não feriu nem roubou ninguém. É uma pena maior que a de homicídio, por exemplo. Lá vamos nós gastar mais de mil reais por mês, que é quanto custa, por baixo, um preso no Brasil, para nos protegermos dele. Vale a pena? Serve para alguma coisa? Alguma pessoa vai deixar de fumar maconha porque ele está preso? Duvido.

A história não acabou aqui, certamente. A igreja de Geraldinho teve bastante repercussão na imprensa, e provalvemente isso vai virar uma grande novela até chegar à segunda instância. Até lá, Geraldinho vai ser uma espécie de mártir para quem luta por uma lei de drogas mais justa e racional, que produza resultados positivos para a sociedade, em vez de factoides midiáticos e causas eleitoreiras.

Vamos torcer que o juiz de segunda instância tenha mais bom senso.

E enquanto isso, vamos assimilando o prejuízo de pagar prisão, polícia, promotoria pública e sistema judiciário para resolver “problemas” como esse. Certamente, em Americana há problemas mais importantes para a polícia e as autoridades cuidarem.

* * *

O que você acha do caso? Vote na enquete e dê sua opinião nos comentários.

* * *

Leia um depoimento do próprio Geraldinho sobre toda essa piada, aqui em seu blog. E saiba mais sobre a igreja de Ras Geraldinho neste post da semSemente ou neste da revista Trip. A Trip também cobriu a invasão da igreja pela polícia neste post de junho de 2011.

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

9 respostas para Ras Geraldinho condenado – a lei é ruim, o judiciário pior. O que você acha?

  1. Realmente lamentável, como o nosso sistema degrada a sociedade. Tenho acompanhado o inicio da Igreja do Ras. E uma coisa é certa se o cara não forneceu nada da sua plantação para o alimentar o Tráfico, porque realmente ele foi julgado como traficante? Só dele plantar a erva já enfraquece o tráfico, pois ele mesmo e as pessoas que participavam do culto não adquiriam por portas escusas. Era da sua própria plantação, e com isso menos uma arma na mão do traficante que consequente é uma criança a mais viva.
    Por ele ter sua plantação qualidades diferente são plantadas. O tipo certo da erva pode funcionar como remédios para os mais variados fins terapêutico. E mais um detalhe!!!
    CADE A LIBERDADE RELIGIOSA?
    A erva pode ser utilizada da mesma forma que o chá de Waska é utilizado, para meditação e interiorização. Se as pessoas olhassem mais para dentro e menos para fora a sociedade já teria mais harmonia.
    E é com uma imensa tristeza que deixo o meu descontentamento com essa pena Covarde e sem nexo que foi dado ao Ras. Isso é um retrocesso e um passo a mais para os Traficante continuarem a acabar com nossa sociedade.

  2. pedrodelta9 disse:

    Nossa muito triste essa notícia, nesse momento o Ras Geraldinho vai ter que ter muita fé, pois a babilónia é implacável.

  3. Bruno disse:

    Geraldinho, mesmo não te conhecendo, estou rezando para que você seja liberto! Vou repetir uma frase dita quando um outro amigo fora preso há muitos anos atrás pela mesma irracionalidade: “Enquanto um estiver preso, todos estamos!”.

  4. nando disse:

    sacanagem,esse lei brasileira e um lixo!

  5. luciane disse:

    O foco da questão ,a meu ver: é que os jovéns que optam pelo uso, devem saber que todo vício, se torna difícil de ser dosado e podem levá-los a caminhos sem volta, quando se deparam com desafios,frustrações e a depressão. Se a cabeça é boa e os ideais bem planejados,talvez as leis sejam absurdas…

  6. Fernando Bernardes disse:

    Urge cada vez mais a mobilização em prol de mudanças sociais e políticas efetivas em nosso país. O mínimo que podemos fazer é nos manter bem informados para tentar ao menos esclarecer/debater com a massa de cérebros degenerados por excesso de televisão.

  7. CIDADÃO INTELIGÊNTE disse:

    PENA QUE NÓS BRASILEIROS SOMOS BURROS DA CORTE, SABE POR QUE A MACONHA É PROIBIDA NO BRASIL, É POR QUE QUEM PROIBE É O MESMO QUE PLANTA, JÁ PENSOU LIBERAR O PLANTIO CASEIRO INDIVIDUAL, QUEM PROIBE NÃO VAI MAIS GANHAR DINHEIRO POR QUE QUEM FUMA VAI PLANTAR E ABANDONAR O TRAFICANTE QUE É NA VERDADE QUEM A PROIBIU DE SER PLANTADA, BRASILEIRO É BURRO MESMO, E MACONHEIRO TAMBEM É BURRO DE NÃO TER CONVICÇÃO DISSO QUE FALEI.PARABENS PROS GAYS ELES SIM SABEM PEDIR LIBERAÇÃO PRO GOVERNO, BURRO MESMO É MACONHEIRO QUE NÃO SABE JUSTIFICAR COM COERÊNCIA O POR QUE DA LIBERAÇÃO E FICAM DIZENDO QUE MACONHA NÃO FAZ MAL, TUDO NESSA VIDA FAZ MAL ATÉ COMIDA FAZ MAL, MAS O MAL QUE A MACONHA FAZ É TÃO INSIGNIFICANTE PERTO DO CIGARRO E DO ALCOOL PORÉM O GOVERNO LIBEROU MAS COBRA IMPOSTO ALTISSIMO, A MACONHA SÓ SERÁ PERMITIDA QUANDO POLITICOS MACONHEIROS CHEGAREM NO PODER, SERÁ QUANTOS ANOS QUE VAI LEVAR ISSO, NÃO DEPENDE DE ANOS DEPENDE DOS ELEITORES TER INTELIGÊNCIA DE OBJETIVAR ISSO, XÍ INTELIGÊNCIA AINDA VAI LEVAR ALGUNS SÉCULOS PARA ACONTECER, BRASILEIRO É BURRO, ENQUANTO ISSO QUEM PROIBE FICA BILIONARIO COM ESSE MERCADO NEGRO.

    • dario disse:

      meu caro ,para começo burro e vc. A ganja ou como prefiro cammabis , deve ser liberado por muitos motivos, citarei os principais em primeiro por que ela pode ser usado para fins medicinais comprovados ,(Israel já fas uso e pesquisa com a cammabis)segundo os usuários da erva não entrariam em contado com traficantes ,que acarretaria em uma diminuição do uso de drogas passadas (experiencia bem surtida na Holanda onde a o menor indicie de usuários de heroína )o governo deixaria de gastar milhões no combate a uma erva daninha, que e um absurdo ainda geraria arrecadação. Que a erva traz efeitos colaterais todos sabemos mais do ponto de vista clínico, ele e uma substancia mais segura que o álcool, que a dipirona que o carsoprodol que os energéticos a base de taurina e cafeína, estes todos remédios e produtos que são vendidos legalmente mais prejudicão e em alguns causo leva al obito .Mas o principal e o direito de igualdade eu não suporto a bebida mais como milhões de pessoas no mundo todo eu gosto de relaxar no fim de um dia com uma substancia que ma ajude ce esta substancia fosse o álcool ninguém se importaria mais como e a erva vira o bicho mais ai eu pergunto cade a igualdade porque eu não poso fumar minha ganja e vcs poden encher o cameco para mais esclarecimentos dariokovalski@bol.com.br

  8. Magner FLORIDA -USA disse:

    GERALDINHO FORCA IRMAO QUE NOS AQUI NOS EUA ESTAREMOS FUMANDO TODAS PARA VOCE E TORCENDO E SE PRECISAR DE ALGUMA AJUDA CONTE COM A GENTE!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s