O dilema de Tostines na vida da cracolândia

Muitas vezes a imprensa descreve a desgraça de pessoas viciadas em drogas como o crack e atribui todos os problemas da vida delas ao contato com a droga. Sem levar em conta que muitas vezes o sujeito só entrou em contato com a substância, em primeiro lugar, por causa das péssimas condições em que já vivia.

A droga pode prejudicar drasticamente a vida de um sujeito, é claro, mas também pode ser um recurso de quem já está mal de vida para aliviar seu sofrimento.

Por um lado, o crack faz o sujeito vender a TV de casa para comprar mais pedras. Mas para quem já não tem TV nem casa nem um pai ou comida por perto, o crack é a pedrinha que lhe ajuda a ter algum prazer e esquecer a fome, apesar de tudo e ainda que de modo passageiro.

Essa matéria do Uol me fez pensar sobre isso.

Para você, o que será que é mais comum?

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para O dilema de Tostines na vida da cracolândia

  1. cristovao disse:

    Se ta por fora com essa sua reportagem! Pioro mais ainda com essas duas perguntas q você faz no final! Não viaja man… Abrcs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s