“Parecia inofensiva, mas te dominou”

chorao_charliebrownjrTriste notícia. Alguns vão dizer que Chorão era um gênio, outros que era um zé mané com letra minúscula. Polêmica musical à parte, é uma pena. Mas vai ser uma ironia especialmente triste se for confirmada a suspeita  que os jornais já levantam: a causa da  morte seria uma overdose de cocaína, misturada com álcool.

Ironia porque Chorão conhecia muito bem o perigo do pó, a julgar pela letra de “Quinta feira”. Já fizeram muitas e muitas músicas sobre drogas, mas poucas tem um refrão tão direto e certeiro – “parecia inofensiva, mas te dominou”. Direto ao ponto, curto e grosso como um soco no olho de Camelo.

Eu curti muita música de Charlie Brown Jr. por aí nessa vida, mas nunca fui propriamente um fã da banda e muito menos do Chorão. Às vezes admirava a banda, às vezes não. Vez por outra achava o escracho do vocalista marrento pura babaquice, noutras uma sacudida refrescante no certinho way of life da maioria dos famosos e artistas.

Quem diria, hoje ele parece retomar a tradição  daqueles heróis que morriam de overdose.

Da porra louquice à lição de moral: “Quinta-feira”, a música de Chorão sobre a droga que talvez o tenha matado, conta a história de um homem entrou na dança da cocaína. Repara que conhecer o mal que a droga faz não é garantia nenhuma de que ela não vai te pegar.

Pra fechar: sacanagem publicar foto de canudinho de papel e pó branco sobre revista pornô, dentro da casa do cara morto. Falta de respeito, invasão de privacidade.

Bem, bola pra frente. Letra e vídeo de “Quinta-feira” aqui embaixo pra embalar a quarta de quem resiste. E boa viagem, Chorão.

“Quinta-feira”

Ainda me lembro bem daquela quinta-feira
Cinco malandro em volta da fogueira
Ouvi o grito de dor de um homem que falava a verdade mas ninguém se importava
Botando pra fora tudo o que sentiu na pele
Mas ninguém lhe dava ouvidos, não

Deixou a marca da fogueira que acendeu pra se livrar do frio que mata
Miséria impune, notável, sincera não acaba nunca

Parecia inofensiva, mas te dominou, te dominou, te dominou, dominou

Difícil é desviar de quem tá sempre querendo
Ela mantém a porta aberta ela te faz de instrumento,
Vai te dominar, se já não dominou

Ouvi o grito de dor de um homem que falava a verdade
Mas ninguém se importava
Botando pra fora tudo o que sentiu na pele
Mas ninguém lhe dava ouvidos não

Deixou a marca da fogueira que acendeu pra se livrar do frio que mata
Miséria impune, notável, sincera não acaba nunca

Parecia inofensiva mas te dominou, te dominou, te dominou, dominou

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para “Parecia inofensiva, mas te dominou”

  1. Jorge Miranda disse:

    Realmente incrível essa canção, sou fã de Charlie Brown Jr, desde de muito moleque, afinal, a maioria dos garotos já teve sua época de skatista e o som que embalava as tardes de skate era o Charlie Brown. Essa canção ele fez para um mendigo que conhecia e morreu de overdose, por isso o refrão ” Parecia inofensiva, mas te dominou ” . E aqui fica minha tristeza e a saudade, por mais um homem que a tão “inofensiva” droga, dominou !
    Skate na veia !
    CBJR SEMPRE !
    😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s